quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Entre quem é


Não Os senti chegar. É sempre assim. Nunca se anunciam. Também nunca Os toquei. Conheço-lhes as manhas, por isso já nem disfarçam uma pretensa capacidade de surpreender. De dez em dez anos, entram na História para poupar palavras e fôlego. Ao Homem, claro. Ao Universo, tanto faz. Pelo menos à ideia que dele tenho, tão relativa quanto ingénua. A minha filosofia, vulgo vida, não passa de um rabisco fácil de redesenhamento numa outra que virá. Por isso, só a mim (e a uns poucos) é que Eles têm sentido. Cada Um é narrativa de muitas narrativas. Com índices longos e vivazes. De dez em dez anos, também Os abrevio por décadas. Automaticamente. Mas, este ano, estou mais reflexiva e não me apetece abrir um novo índice sem lhe criar uma identidade. Até por causa das estatísticas. Como cidadã, tenho o dever de me preocupar. Qualquer dia, ao ouvir que uma sexagenária fez isto ou aquilo, estarei de consciência tranquila. Assumo o meu novo estado. União de facto. Com a década. Doravante, o caminho poderá ser ziguezagueante e convém estarmos unidas. Para o que der e vier.
Estou feliz. Ela também.
“Daqui a dez anos, renovaremos os votos”, dissemos.
E Eles, que nunca se anunciam e são, naturalmente, desapegados, sorriram. Pareceu-me mesmo que piscaram o olho à nova inquilina. Afinal, não havia tempo a perder. 

Odete Ferreira – 17-02-16

16 comentários:

  1. Gostei muito do texto e quanto à foto estás linda , amiga!

    Beijinhos e bons sonhos

    ResponderEliminar
  2. Querida Odete,

    Belo texto com a profundidade poética e excelência
    de sempre!...
    Feliz Aniversário!!
    Um dia bem alegre e inspirado, mas
    também para todos os dias, amiga aquariana!...rss
    Beijo e um abraço especial de aniversário! rss

    ResponderEliminar
  3. Eles ganham ritmo, sempre em crescendo. A certa altura, de tão galvanizados, parecem tresloucados, os apressados!
    Fica, desde já, marcado encontro para a próxima década. :)
    Parabéns, Odete!

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
  4. Gostei imenso!
    Que venham eles... Parabéns!

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  5. Parabéns, Odete! Saúde, Amor, Felicidade!
    Um grande beijo!

    ResponderEliminar
  6. O que muda, em cada dez,
    São os anos de horizonte.
    Te interessa o que vês
    E o que vivas seja ponte
    Entre o que foste e o que és.

    As décadas são como o vinho do Porto. Quanto mais antigas mais doces.
    Parabéns pela mudança de Calendário.

    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
  7. Como lhe disse no face, seu texto ficou encantador. Um novo ciclo se apresenta e você tem os braços abertos para ele. Que lhe traga sorrisos e alegrias. Parabéns!!!!! Bjs.

    ResponderEliminar
  8. ~~~
    Parabéns, querida Odete!

    Paz profunda

    para aceitar o melhor e o pior desta década...

    Acabou o tempo de semear, é tempo de cuidar e colher.

    Que a colheita seja abundante...

    Que venham dias e anos de saldo positivo em

    sucesso, harmonia e felicidade.

    Que continue a abrilhantar os nossos dias com a leitura

    da sua escrita poética, tão original e profunda.

    ~~~ Grande abraço felicitador. ~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  9. Pois é, Eles entram-nos pela porta sempre aberta da vida, e a única urgência que temos para com eles é a de dar-lhes um sentido, independentemente da filosofia de vida que tenhamos adoptado.
    Gostei dessa "união de facto", mas custa-me acreditar que sejam já sessenta!!! Não devo ter interpretado bem...
    Prosa de grande qualidade, Odete. Muito bonito!
    Afinal foste bem recebida na "casa" de uma nova década; Um feliz aniversário, e muitos parabéns!
    xx

    ResponderEliminar
  10. Odete, aniversário?... Pois seja sempre feliz nas muitas décadas que ainda virão!!!
    Parabéns, beijos querida amiga!

    ResponderEliminar
  11. Odete, os meus parabéns! Quantos mais fizeres melhor! E que sejas muito feliz. O teu texto é lindo.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  12. Boa tarde, corremos junto com o tempo sem parar, uma nova década chegou, a correria vai continuar até chegar a próxima.
    Cheguei atrasado mas a tempo de lhe desejar a maior felicidade do mundo nesta nova década e nas outras que virão.
    AG

    ResponderEliminar
  13. Agradeço, com carinho, a vossa presença neste escrito. Diz muito do meu estado de espírito e quis partilhá-lo convosco.
    Bjinhos :)

    ResponderEliminar
  14. Parabéns em triplicado:
    - Por mais uma Primavera.
    - Pela foto, linda!
    - Pelo texto - muito bom!
    "Não Os senti chegar" - Óptimo! Sinal de que foram tão absorventes, tão ricos, que não foi possível prestar-lhes atenção.
    Que continuem a passar sem se fazer notar :)

    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    PS - Tenho que dizer que este aniversário me surpreendeu porque não fui notificada pelo Face. Fui agora mesmo lá verificar... e fiquei espantada. Nós não éramos amigas no Face? Pois eu havia de jurar que sim... Estranho! Mas não é a primeira vez que me acontece...
    Acabei de enviar um pedido de amizade.
    + 1 beijito

    ResponderEliminar
  15. Parabéns pelo aniversário e pelo excelente texto que o anuncia.
    Sem querer ser simpático, pela foto não te dava mais de 50. E continuas bonita, pois claro.
    Bom fim de semana, querida amiga Odete.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  16. Ah, Odete!
    Gosto mesmo de ler-te. Ler-te dessa maneira que escreves e da maneira que "te escreves".
    Essa "união de facto" está interessante, está...
    Confesso que precisei, a meio do texto, de reiniciar a leitura, porque me havia perdido kkkkkkk

    Envio os meus parabéns e desejos de felicidade que, acredito, nunca são atrasados, pois é sempre tempo de bons votos =)

    bj amg

    ResponderEliminar